São Camilo de Léllis, servia a Cristo na pessoa do doente

Publicado em 14 jul 2018

São Camilo de Léllis

Foi brotando em São Camilo de Léllis o carisma de servir a Cristo na pessoa do doente, do peregrino

Nasceu no ano de 1550 na Itália. Filho de pai militar, também seguiu essa carreira, mas não pode prosseguir devido a um tumor em um dos pés. Recorreu ao hospital de São Tiago em Roma, onde viveu sua compaixão pelos outros doentes.

Porém, ele deu um ‘sim’ ao pecado, entregando-se ao vício do jogo, onde perdeu tudo e ficou na miséria total. Saiu do hospital devido o seu temperamento. Foi de hospital em hospital para cuidar de sua ferida, até bater na porta dos franciscanos capuchinhos e ali quis trabalhar na obra de Deus.

Com 25 anos começou o seu processo de conversão. No hospital em Roma, Deus suscitou nele a santidade de ver nos doentes a pessoa de Cristo e também o carisma dos ‘Camilianos’. Camilo também viveu uma bela amizade com São Felipe Néri.

Entrou para os estudos, foi ordenado sacerdote, e vendo a realidade dos peregrinos de Roma, que não tinham uma assistência médica digna, foi brotando nele o carisma de servir a Cristo na pessoa do doente, do peregrino. E muitos se juntaram a ele nessa obra. Em cada sofredor está a presença do Crucificado.

São Camilo partiu para o céu em 1614.

São Camilo de Léllis, rogai por nós!


fonte: a12.com


Jovens Brasileiros se mobilizam para participar da Jornada Mundial da Juventude 2019

Publicado em 14 jul 2018

Jovens Brasileiros se mobilizam para participar da Jornada Mundial da Juventude 2019

Divulgação

Falta pouco mais de 6 meses para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que acontecerá de 22 a 27 de janeiro de 2019, no Panamá e os jovens brasileiros já se preparam para o maior encontro da juventude católica.

A confirmação da participação de Francisco na JMJ 2019 anunciada esta semana movimentou ainda mais a juventude. Em todo o país, grupos de jovens das arquidioceses, como a de São Paulo, Bahia, Belo Horizonte, Brasília e Rio de Janeiro, se organizam para participar do evento.

Em Salvador (BA), um grupo da arquidiocese está se organizando para a viagem. O desejo do então bispo auxiliar e responsável pelo setor juventude, dom Gilson Andrade da Silva é que todos os jovens da arquidiocese possam viver essa experiência juntos.

Gabriel Casali. Arquivo Pessoal

“Participar deste evento é renovar o ‘ser Igreja’, é alimentar a unidade em nosso coração. Em meio a tantas ideologias e novas denominações poder presenciar que nossa Igreja é viva e jovem, reaviva em nosso coração o desejo de pertencer a ela e fazê-la dar frutos através de nossa busca pela santidade. É então também uma renovação de fé”, destaca o jovem da paróquia Nossa Senhora do Resgate, Gabriel Casali – um dos integrantes da delegação baiana.

Para viabilizar a viagem, a juventude de algumas paróquias baianas tem realizado atividades para arrecadar dinheiro para poder mandar a maior quantidade possível de jovens. Neste sábado (14), às 9h, haverá uma reunião extraordinária com todos os jovens da arquidiocese que desejam participar da Jornada.

“É a maior experiência que um jovem católico pode ter e vale o esforço para estar presente, vivendo esse momento. Quando digo que vale o esforço, vale o esforço dos sacerdotes e paróquia também, para ver seus jovens lá”, diz Gabriel, que aos 21 anos já esteve presente nas duas anteriores, JMJ Rio de Janeiro (Brasil), em 2013, e JMJ Cracóvia, em 2016.

Arquivo pessoal

A mistura de culturas é um ponto alto da JMJ que é uma experiência rica de troca de experiência com jovens de todo o mundo se unem em uma só voz para rezar juntos. “Minha expectativa é que da mesma forma que eu pude viver essa experiência e me apaixonar ainda mais por minha Igreja, esse amor seja renovado e meu coração volte ainda mais inflamado e desejoso de me doar por ela. Que assim também seja na vida de cada jovem que estiver lá presente. Que todos saíamos revigorados e enviados pelo Santo Padre possamos cumprir a missão que o Senhor nos designa aqui, em nossas arquidioceses”.

A JMJ é organizada pela Igreja Católica a cada três anos. Essa será a 3ª JMJ do papa Francisco, depois do Rio de Janeiro em 2013 e Cracóvia em 2016. Ao se realizar no mês janeiro, tendo em conta o verão austral, o encontro no Panamá deverá ter menos afluência europeia, mas uma participação mais forte dos países da América Latina, e especialmente da América Central. “O Brasil precisa dos frutos da JMJ: corações jovens inflamados de amor pelo Senhor e Sua Igreja!”, finaliza Gabriel

Programação da JMJ 2019

A pré-Jornada (dias nas dioceses) acontecerá em outros dois países, Nicarágua e Costa Rica, ali a semana missionária acontecerá de 17 a 20 de janeiro. A programação destes dias é de responsabilidade de cada Diocese. Para se inscrever na pré-JMJ basta acessar o site da Diocese e escolher em qual  deseja estar. A taxa de colaboração para estes dias é de U$ 50,00 (cinquenta dólares).

A tradicional Feira Vocacional ganha novo nome na jornada do Panamá: “Siga-me”! A feira, que acontecerá no Parque Omar Torrijos, estará aberta para os peregrinos entre os 22 e 25 de janeiro. Além de stands de várias expressões vocacionais, os participantes da JMJ poderão participar de workshops e partilhar a vida e caminhada com sacerdotes e leigos comprometidos.Seis palcos ao ar livre e seis Igrejas com momentos de Adoração serão os espaços para o Festival da Juventude  que trará apresentações musicais, teatrais, exibições de filmes, momentos de oração, entre outros. Mais de 300 inscrições foram realizadas para a apresentação no festival.

As catequeses da JMJ serão realizadas nos dias 23, 24 e 25 de janeiro, das 09h às 12h. Cada um dos dias de catequese terá um tema específico e ao final, o Bispo que conduziu o momento presidirá a Santa Missa.

“Renova-me”, local do Perdão na JMJ 2019

Um convite para experimentar, no encontro com Cristo, alegria e prazer! Esta é a proposta do Parque “Renova-me”, o parque do Perdão da JMJ do Panamá. Junto com a Feira Vocacional, acontecerá no Parque Omar Torrijos, de 23 a 25 de janeiro.

O local servirá para Padres peregrinos atenderem em confissão os participantes da JMJ. Os sacerdotes que desejam prestar este atendimento, devem se inscrever no site da Jornada e dispor de, no mínimo, 2hs para as confissões. Cerca de 250 confessionários estão sendo providenciados pela organização do evento.

Conheça a versão em Português do hino da JMJ Panamá 2019

Mais de 25 cantores católicos participaram da gravação do Hino Oficial em português da Jornada Mundial da Juventude 2019.


fonte: a12.com


Santa Paulina do Coração Agonizante de Jesus

Publicado em 9 jul 2018

 

Santa Paulina, dedicou-se religiosamente em cuidar de uma senhora com câncer

Hoje comemoramos a santidade de vida da naturalizada brasileira Amábile Lúcia Visintainer que nasceu no ano de 1865 e partiu para a Glória em 1942. Nascida em Vigolo Vattaro (Itália), com apenas 10 anos de idade emigrou com seus pais para o Brasil dirigindo-se para o Estado de Santa Catarina, no sul do país.

Santa Paulina, antes de entrar para a vida consagrada, dedicou-se religiosamente em cuidar de uma senhora com câncer e a partir desta experiência caridosa deu-se a descoberta do Carisma que fora reconhecido em 1895 pelo Bispo de Curitiba, Paraná, com o nome de Filhas da Imaculada Conceição.

Na oração litúrgica da Igreja é pedido a Deus para nós fiéis a virtude do serviço, motivado pelo amor, a qual mais brilhou no coração da virgem Paulina do Coração Agonizante de Jesus.

Santa Paulina, rogai por nós!


fonte: a12.com


Próximas »
Delicious Digg Stumble Upon Google Bookmarks
HOTEL CAMPOS | Rua Oliveira Braga, 326 | Centro | Aparecida/SP
Cep.: 12570-000 | Tel.:(12) 3105.1558 | Fax.:(12) 3105.6043